Alfabeto Pet, Cães, Saúde e Prevenção

Cães Braquicefálicos e a Síndrome Respiratória Braquicefálica

Cão Pug Braquicefálico

Saiba quais são as raças de cães braquicefálicos e entenda porquê são mais propensos a problemas respiratórios

Os cães considerados braquicefálicos são aqueles que possuem focinho curto e achatado (braqui = curto; cefálico = cabeça). As raças mais comuns denominadas braquicefálicas são:

Cão Boxer Braquicefálico

Algumas características comuns aos braquicefálicos são: cabeça com crânio compacto, focinho curto e sistema respiratório superior comprimido.

Os cachorros com essas características apresentam a Síndrome Respiratória Braquicefálica, que afeta diferentes áreas do trato respiratório superior gerando alterações anatômicas, como por exemplo o estreitamento ou estenose das narinas e da traqueia (hipoplasia traqueal) e o alongamento do palato mole (tecido que separa a cavidade oral da passagem nasal pode se alongar e ficar pendurado na garganta, razão pela qual esses cães podem emitir um ronco e/ou assobio tanto na inspiração quanto na expiração).

Os cães braquicefálicos podem apresentar uma dessas alterações ou até mesmo todas elas. Normalmente os Buldogues (Francês e Inglês) possuem predisposição para apresentarem todas as alterações anatômicas da Síndrome Respiratória Braquicefálica. Para cada caso, um médico veterinário especialista no assunto poderá encontrar uma solução para que seu animalzinho tenha uma vida longa e sem complicações.

Buldogue Inglês

 

Uma consequência de todas essas obstruções respiratórias é a hipertermia (aumento excessivo da temperatura corpórea). Os braquicefálicos não arquejam corretamente, ou seja, não perdem calor através da evaporação da saliva da língua eficientemente enquanto o ar passa e o sangue que circula através da língua não é resfriado o suficiente para circular para o resto do corpo. Por esta razão, estão mais propensos a sofrer superaquecimentos, o que pode levar à morte do animal. Para evitar a hipertermia, é importante não deixar o seu cão exposto diretamente ao Sol, evitar exercícios físicos longos e nos períodos mais quentes do dia, evitar o sobrepeso do animal, que irá dificultar mais ainda a sua respiração, e sempre se atentar ao ronco do animal e a sua hidratação.

Bordeaux Braquicefálico

Mas não é apenas com os dias quentes que os donos de cães braquicefálicos devem se preocupar! Esses cães também são intolerantes ao frio, devido as suas vias respiratórias estreitas.

As raças de cães braquicefálicos são irresistíveis devido seu focinho amassado e expressões doces e meigas, mas devido as suas necessidades especiais, não hesite em consultar um médico veterinário sempre que possível para que ele possa recomendar as melhores opções de tratamento.

 

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *