Coelhos

Coelho Havana

Coelho da raça Havana

Apesar do nome desta raça de coelho nos lembrar a capital de Cuba, Havana, o Coelho Havana teve origem na Holanda, em 1898, a partir de uma ninhada de coelhos Holandeses escuros. Ele recebeu este nome devido a cor da sua pelagem recordar a coloração dos famosos charutos cubanos.

Os coelhos Havana foram levados primeiramente para a Alemanha em 1907 e à Grã-Bretanha no ano seguinte. Foram apresentados aos Estados Unidos em 1916 e, pouco tempo depois, foram aceitos pela “Associação Americana de Criadores de Coelhos (ARBA)”. O primeiro clube da raça, o “National Havana Club”, foi criado na Inglaterra em 1920.

Características dos Coelhos Havana

A pelagem do coelho Havana é curta e escura, podendo variar em algumas tonalidades (chocolate ou havana, azul, preto e “quebrado”, que é uma coloração semelhante à pelagem de um cão da raça dálmata). Entretanto, o Havana de coloração chocolate é o mais procurado e aceito por criadores da raça. Seu peso pode variar de 2 a 3 kg. O Havana apresenta um corpo arredondado, cabeça também redonda, bochechas cheias e orelhas eretas, próximas e curtas. Seus membros dianteiros e traseiros são pequenos, porém musculosos. Os olhos do coelho Havana são de tamanho médio, cuja coloração acompanha a cor da pelagem, podendo inclusive chegar a cor rubi. Esta raça de coelhos vive, em média, de 7 a 10 anos em cativeiro e se criada adequadamente.

Havana-coelho-raça

Comportamento e Dicas para a criação de coelhos Havana

Os coelhos da raça Havana são considerados excelentes animais de estimação pois são muito tranquilos, amigáveis e carinhosos. Apesar destas informações, não é indicado deixar um coelho Havana na companhia de crianças pequenas sem a supervisão de um adulto; eles podem ficar apreensivos com certas brincadeiras e demonstrar um comportamento mais agressivo. Preferem ambientes calmos, gostam de receber carinho, mas não apreciam ficar no colo.

Os coelhos Havana se adaptam bem à vida em apartamentos, mas necessitam de um longo tempo diário fora do seu recinto ou gaiola para se exercitarem e para tomarem banhos de Sol – lembrando que não devem ficar expostos ao Sol intenso e direto, principalmente nos dias mais quentes. Como sua pelagem é curta, escovações semanais são recomendadas, exceto no período de muda de pelos (normalmente na primavera), quando as escovações deverão ser realizadas de 2 a 3 vezes por semana.

Alimentação do Coelho da raça Havana

Como as demais raças de coelhos, os coelhos Havana exigem uma dieta rica em fibras – ou seja, formada por pelo menos 70% de feno. Os 30% restantes da sua dieta deverão ser compostos por um equilíbrio saudável de pellets, folhas verdes escuras, frutas e legumes.

Leia mais sobre a alimentação dos coelhos clicando aqui.

Gostou do nosso post sobre o Coelho Havana? Então você também vai gostar de ler mais matérias sobre Coelhos! Clique nos links abaixo e saiba mais:

Previous ArticleNext Article